cancelamentos netflix

Os impressionantes cancelamentos de séries da Netflix

A Netflix é sem dúvida o serviço de streaming com mais produções originais. A lógica é a mesma desde o início: ter um catálogo sem depender de conteúdos de terceiros. Mas, da mesma forma que a empresa produz muito, ela não tem nenhum medo de fazer cancelamentos.

E a tendência é que isso continue ocorrendo, já que a Netflix busca excelência e/ou retorno com suas produções. Ou seja, a série ou filme deve ser bem recebida pelo público, com muita gente assistindo e comentando sobre, ou deve ser um sucesso de crítica e com um nicho mais específico. Se não conseguir um dos dois feitos, a chance de cancelamento é muito grande.

Óbvio que existe também a questão do valor de produção. Portanto, quanto mais barata a produção, menor a exigência de retorno. E, que fique claro, esse retorno já precisa ser imediato. Se a série não render em seu primeiro mês, ela tem tudo para entrar na lista de cancelamentos. Algo que falei sobre recentemente com Spinning Out, série que estreou no começo de janeiro e não terá continuidade.

Porém se há muitas séries que não atingem a expectativa e são excluídas, também há casos de produções bem sucedidas que acabaram sendo terminadas precocemente ou colocadas na geladeira. Então, se produções como Spinning Out, Everything Sucks, as série da Marvel (já que agora a Disney tem streaming próprio para usar os personagens) e Insatiable (acusada de gordofobia) não são surpresas na lista de cancelamentos, o mesmo não pode ser dito das produções abaixo.

Anne with an E

Este é um dos cancelamentos que mais gerou revolta dos fãs. Anne With an E teve uma boa primeira temporada, bastante elogiada por crítica e público. Já o segundo ano não teve o mesmo nível de aceitação com os especialistas, porém serviu para aumentar ainda mais o número de fãs.

Então, no começo deste ano, a Netflix anunciou o cancelamento da série ao lançar a terceira e última temporada. E a revolta nas redes sociais foi geral.

The OA

O cancelamento de The OA foi outra grande surpresa. A série fazia relativo sucesso, mas a Netflix resolveu não renovar para uma 3ª temporada. Ainda que em menor escala, parte dos fãs não gostaram da decisão.

Surgiram até especulações de que os criadores, Brit Marlinge Zal Batmanglij, discutiram a possibilidade de encerrar a história com um longa, algo que aconteceu com Sense 8, outra série que foi cancelada antes do final, mas teve um filme de fechamento graças aos fãs.

Ela Quer Tudo

Adaptação do filme de 1986 do Spike Lee, Ela Quer Tudo acompanha uma mulher independente e a frente do seu tempo. O longa original é um daqueles que consegue ser atual depois de 30 anos.

Apesar de não ser um grande sucesso de público, a série foi bem avaliada pela crítica e tem Spike Lee envolvido. O diretor vem fazendo parcerias com a Netflix e já tem um novo longa confirmado para o Streaming.

Marianne

Após fazer sucesso com a crítica e boa parte do público, a série de terror francesa Marianne foi cancelada ao final da primeira temporada. Este era mais um daqueles projetos que a Netflix faz visando atingir outros países além dos Estados Unidos.

Mindhunter

Esta é a única ainda não cancelada da lista, mas que tem tudo para seguir o rumo das demais. Série que conta com o grande David Fincher, outro parceiro de longa data da Netflix, está na geladeira e sem previsão de volta.

Sem dúvida, Mindhunter é o nome que mais choca por aparecer na lista. A série é um estrondoso sucesso de crítica e foi amplamente bem recebida pelo público. Trata-se de uma das produções mais conceituadas do serviço. É, sem dúvida, a que eu mais torço para a Netflix voltar atrás.

Tenho 23 anos, sou jornalista formado, trabalho com textos para internet há mais de dois anos e escrevo e gravo críticas de cinema desde o final de 2017, quando criei o canal no YouTube "16mm".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *